Museu e Revolta

notas sobre o estalido social no chile

Webnário ao vivo com Raíza Cavalcanti

Mediação: Yasmin Fabris

Em outubro de 2019 ocorreu uma das maiores revoltas populares da história chilena. Dentre as demandas ouvidas nas ruas, estava o pedido pela reformulação das instituições de cultura no país.

Raíza Cavalcanti falará como ocorreu esse processo no nosso vizinho latino-americano e sobre as tensões provocadas pelo Estalido Social no campo institucional da arte.


 

Quando: 9 de julho de 2020, quinta-feira, a partir das 17h00.

Onde: https://meet.jit.si/grupo_nedad.

Certificados serão emitidos conforme registro, via Chat, durante o evento.

Raíza Ribeiro Cavalcanti é co-cordenadora do Núcleo de Sociologia da Arte e das Práticas Culturais da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade do Chile onde, atualmente, realiza pesquisa de pós-doutoramento. É Doutora em sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco. Desenvolve pesquisa nos seguintes temas: arte e política, museus e instituições, mercado de arte, internacionalização e sistema artístico, arte e decolonialidade, sociologia da arte.